CEAPortlet

Centro de Educação Ambiental

Avarias

Avarias

gestprocessosonline.JPG

GestProcessos Online

 

Atendimento on-line

Balcão Virtual

Pelo terceiro ano consecutivo a Esposende Ambiente reitera formalmente o seu empenho na divulgação e apoio aos Dez Princípios do Pacto Global das Nações Unidas, relacionados com os Direitos Humanos, os Direitos do Trabalho, a Protecção do Meio Ambiente e o Combate à Corrupção em todas as suas formas.

 

 
 
 
A adesão a este Pacto constituiu-se como um importante passo na vida da Esposende Ambiente e o trabalho desenvolvido neste domínio poderá ser consultado na Comunicação de Progresso (COP) que se encontra disponível no site das Nações Unidas em www.unglobalcompact.org ou no site da Esposende Ambiente em www.esposendeambiente.pt. 

Reforçando a importância central da sustentabilidade e da cidadania para a empresa, e reconhecendo que os princípios, valores e boas práticas da responsabilidade social norteiam o seu crescimento, a Esposende Ambiente aderiu também recentemente ao GRACE – Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial. 

Materializa-se assim a intenção em promover o crescimento sustentável e socialmente responsável da empresa, reforçando a aposta no voluntariado empresarial e na partilha de princípios e valores de responsabilidade social, estabelecendo as melhores práticas em matéria de meio ambiente, direitos humanos, direitos do trabalho e combate à corrupção.

Durante o mês de fevereiro o Centro de Educação Ambiental irá acolher a exposição “Tradição e costumes lado a lado com a ecologia”, do Centro Social da Paróquia de Curvos.

 
 
Os trabalhos desta exposição foram realizados por crianças e idosos da instituição e associam a vertente cultural, nomeadamente o património religioso regional, à vertente ambiental, através da reutilização e reaproveitamento de materiais.
 

O Município de Esposende, através da empresa municipal Esposende Ambiente, marcou presença no Encontro Nacional de Entidades Gestoras de Água e Saneamento, que decorreu entre os dias 3 e 6 de dezembro, em Coimbra, numa organização da Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas (APDA).

 
 
"Inovação, Internacionalização e Informação como Fatores de Sustentabilidade do Setor" foi o tema central deste evento, que tem vindo a assumir-se, ao longo dos anos, como o grande congresso nacional do setor das águas, e que encerrou as comemorações dos 25 anos da APDA. 

A Esposende Ambiente, enquanto entidade gestora de água e saneamento no concelho de Esposende, foi chamada a partilhar o seu saber e experiência, concretamente atraves de cinco apresentações. 

“Do dever de ligação aos sistemas públicos à contratualização”, foi um dos temas abordados e que pretendeu clarificar a realidade fora dos grandes centros urbanos. Considerando que as entidades gestoras das redes em baixa, em especial fora dos grandes áreas urbanas, continuam a apresentar grandes dificuldades em aumentar as taxas de adesão, a Esposende Ambiente deu conta dos excelentes resultados alcançados neste plano, reconhecidos, de resto, pelas entidades responsáveis pela administração pública da água, pela entidade reguladora do setor e pelas associações e entidades não governamentais. 

Na apresentação “A importância estratégica na gestão dos sistemas de informação na sustentabilidade financeira e ambiental da empresa Esposende Ambiente”, foi dado a conhecer o trabalho desenvolvido ao nível da infraestrutura dos sistemas de informação e explicado de que que forma é que a estratégia é pensada, planeada e implementada internamente, no sentido de que os sistemas de informação possam contribuir para a sustentabilidade da empresa. 

Neste congresso nacional, a Esposende Ambiente abordou também a “Gestão sustentada de espaços verdes do Município de Esposende”, explicando a estratégia adotada e que se prende com a diminuição do consumo de água, redução das necessidades de mão de obra e de aplicação de produtos fitofarmacêuticos, adubos e fertilizantes, protegendo, ao mesmo tempo, o meio ambiente e promovendo o aumento da biodiversidade dos espaços verdes do Município. 

Na abordagem ao tema “A responsabilidade e inovação social como fator de sustentabilidade” , a empresa municipal contextualizou a sua estratégia com a implementação de um conjunto de ações que visaram a certificação da empresa pela norma SA 8000, bem como pela continuidade na subscrição do Pacto Global das Nações Unidas e na adesão ao GRACE - Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial. 

“Políticas públicas no setor das águas e dos resíduos” foi outro dos temas apresentados, que focou a alteração da Lei Orgânica da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) e a alteração da Lei de Delimitação de Setores, e, também, a revisão dos regimes jurídicos dos Serviços de Âmbito Municipal e Multimunicipal de Abastecimento de Água, Saneamento de Águas Residuais e Gestão de Resíduos Urbanos. 

Com a participação neste evento, mais uma vez Esposende demonstra a sua atitude proativa e de melhoria contínua no que concerne ao trabalho que efetua na área do ambiente, com efetivo reconhecimento da sua capacidade técnica e de inovação ao nível nacional.
Atendimento
   
Leituras
Leituras
   
CoGestão do PNLN
   
Biorresíduos
   
A sua opinião é importante
imagemPortlet copy.png
   
Recrutamento
   
CEA em Blog
imagemPortlet
Desafios
dia a dia
Desafio dia a dia
   
Qualidade da água
   
Linha da Reciclagem
   
Faturação
Eletrónica
   
Praias
   
QUIZ da Água
   
SUMAKids
   
TransFORMAR
   
E-MOVE
   
Empreitadas
   
E|Ribeiras