CEAPortlet

Centro de Educação Ambiental

Avarias

Avarias

gestprocessosonline.JPG

GestProcessos Online

 

Atendimento on-line

Atendimento Online

A Esposende Ambiente (EAmb) celebrou um Acordo de Colaboração no Quadro da Promoção da Eficiência Energética e do Investimento em Energias Renováveis no Município de Esposende, ao qual se associa também, já nesta primeira fase, a celebração de um protocolo de cooperação para a realização de diagnósticos energéticos em edifícios municipais.

 
 
A parceria com a MORE R – Energias Renováveis, Lda. e a RENOVENERGY – Energias Renováveis, Lda. visa a realização de diagnósticos energéticos no edifício sede da Esposende Ambiente, em Esposende, no armazém da empresa municipal e no Centro de Educação Ambiental, ambos localizados na freguesia de Marinhas, bem como na Escola EB1/JI de São Fins, em Belinho.
Mais ainda, a colaboração tem em vista, com base nos resultados destes diagnósticos, a busca e desenvolvimento de soluções de sustentabilidade e de racionalização dos consumos de energia nos edifícios em estudo, bem assim como a definição de estratégias visando a substituição de fontes energéticas recorrendo a energias renováveis, nomeadamente através da implementação de casos de estudo.
Como complemento a estes projectos, está ainda previsto o desenvolvimento de projectos, campanhas e eventos na área da promoção da sensibilização e educação ambiental. 

A gestão sustentada dos recursos energéticos é um dos principais desafios que a sociedade moderna enfrenta, a nível mundial, e que se traduz numa mudança de rumo no paradigma energético, garantindo o progresso social, o equilíbrio ambiental e o sucesso económico da sociedade. 

A Estratégia Nacional para a Energia pretende, entre outros objectivos, reunir as condições favoráveis à promoção da eficiência energética, tornando o consumo energético em Portugal mais racional e eficiente, principalmente no que se refere ao consumo directo dos derivados de petróleo, consolidando o objectivo de redução de 20% do consumo de energia final em 2020.

A forma como é utilizada a energia disponível é uma questão chave neste processo e, por isso, o aumento da eficiência energética das operações nas empresas é imprescindível para se atingirem os objectivos do novo modelo de desenvolvimento, tanto pela diminuição da intensidade energética global, como pelo aumento dos respectivos resultados económicos. 

Neste sentido, a Esposende Ambiente pretende reunir as condições necessárias à caracterização energética de edifícios próprios e municipais, passo que irá permitir a promoção da melhoria da sua eficiência energética e a utilização racional de energia a nível municipal, bem assim como a redefinição das fontes energéticas a utilizar. 

Estes projectos inserem-se no âmbito do Plano Municipal de Sustentabilidade Energética, um documento de carácter estratégico e que contempla vários eixos de intervenção e medidas concretas neste domínio da gestão energética.

A publicação “Se eu fosse um animal marinho…” é o resultado final duma iniciativa com o mesmo nome, cujo desafio lançado aos mais jovens passava pela elaboração de trabalhos escritos sobre a temática da biodiversidade marinha, com especial destaque para a vida animal associada ao litoral.

Foram mais de 30 as histórias apresentadas pelos participantes que, com muita criatividade e imaginação, deram continuidade à história do Pimpolho, um polvo que habita no oceano. A autora da história vencedora foi a Tatiana Margarida Coelho. 

Esta iniciativa, que se integrou nas comemorações do Ano Internacional da Biodiversidade, foi realizada no âmbito da Campanha Bandeira Azul 2010, e teve como principal objectivo a sensibilização dos banhistas para a importância do ecossistema marinho.
Clica aqui para aceder à publicação.

Fruto do trabalho desenvolvido nas áreas da sensibilização e desempenho ambientais, dentro e fora do espaço escolar, com o apoio da Câmara Municipal e da Esposende Ambiente, a Escola Básica Integrada de Forjães e a Escola Profissional de Esposende participaram no “Dia das Bandeiras Verdes 2010 – Galardão Eco-Escolas", evento promovido anualmente pela Associação Bandeira Azul da Europa.

A iniciativa, que decorreu em Ourém, no passado dia 24, foi o culminar dos projectos desenvolvidos no ano lectivo 2009/2010 nas 1 337 escolas inscritas, das quais, depois de avaliadas, 1 041 demonstraram possuir a qualidade suficiente para lhes ser atribuída a designação de Eco-Escola, pelo que vão agora hastear a Bandeira Verde. 

Foi com bastante orgulho e entusiasmo que os representantes dos dois estabelecimentos de ensino de Esposende receberam a sua bandeira, símbolo do trabalho desenvolvido e um incentivo para que haja continuidade dos projectos no decurso deste ano lectivo. Para a Escola Profissional a participação neste evento foi uma estreia, enquanto que para a EBI de Forjães, galardoada pelo terceiro ano consecutivo, este reconhecimento vem reforçar ainda mais a importância do trabalho desenvolvido na área da sustentabilidade ambiental em espaço escolar. 

Para além destas escolas, inscreveram-se também no Programa Eco-Escolas a Escola EB 2,3 António Correia de Oliveira e o Jardim-de-infância da Santa Casa da Misericórdia de Esposende. Assim, durante o ano lectivo de 2009/2010, estes estabelecimentos de educação e ensino definiram objectivos e metas ambientais a cumprir e desenvolveram um conjunto de actividades e iniciativas, algumas das quais em parceria com o Município de Esposende, com vista a uma melhoria crescente do seu desempenho ambiental. 

Refira-se que o Programa Eco-Escolas conta a nível internacional com cerca de 20 mil escolas, em 46 países.

 

Alexandra Suzana Abreu de Faria Carvalho Roeger, Presidente do Conselho de Administração da EAmb – Esposende Ambiente, EEM, torna público e disponibiliza, nos termos e para os efeitos previstos no artigo 117º do Código de Procedimento Administrativo e no n.º 3, do artigo 62º do Decreto-Lei n.º 194/2009, de 20 de Fevereiro de 2009, a proposta de alteração ao Regulamento de Abastecimento de Água e Drenagem de Águas Residuais do Município de Esposende, que consta do Edital n.º 882/2010, publicado no Diário da República, 2ª série – n.º 167 – 27 de Agosto de 2010. 

Esposende, 01 de Setembro de 2010 

A Presidente do Conselho de Administração, 
(Alexandra Suzana Abreu de Faria Carvalho Roeger)

 

Consulte aqui o edital 882 de 2010.

 

O Verão está ai, e com ele o desejo de grande parte dos cidadãos de procurar outro destino, seja ele praia, campo ou montanha, para um descanso merecido, após um longo ano de trabalho. Esposende continua a ser o destino de férias de muitos, que procuram o nosso concelho pelas suas características naturais, nomeadamente as suas praias.

Durante a época balnear irão decorrer em todas as praias Bandeira Azul, um vasto leque de actividades de educação e sensibilização ambiental nas praias, com o intuito de alertar a população para as questões da protecção do meio ambiente e da salvaguarda dos recursos dos recursos naturais.

Para saber quais as actividades clique aqui.

Plano de contingência COVID-19
   
Atendimento
   
A sua opinião é importante
imagemPortlet copy.png
   
CEA  em Blog
imagemPortlet
Desafios
dia a dia
Desafio dia a dia
   
Leituras
Leituras
   
Qualidade da água
   
Praias
   
Faturação
Eletrónica
   
QUIZ da Água  
   
SUMAKids
   
E-MOVE
   
Empreitadas
   
E|Ribeiras
   
Resp.
Social
Empresarial