A Esposende Ambiente (EAmb) celebrou um Acordo de Colaboração no Quadro da Promoção da Eficiência Energética e do Investimento em Energias Renováveis no Município de Esposende, ao qual se associa também, já nesta primeira fase, a celebração de um protocolo de cooperação para a realização de diagnósticos energéticos em edifícios municipais.

 
 
A parceria com a MORE R – Energias Renováveis, Lda. e a RENOVENERGY – Energias Renováveis, Lda. visa a realização de diagnósticos energéticos no edifício sede da Esposende Ambiente, em Esposende, no armazém da empresa municipal e no Centro de Educação Ambiental, ambos localizados na freguesia de Marinhas, bem como na Escola EB1/JI de São Fins, em Belinho.
Mais ainda, a colaboração tem em vista, com base nos resultados destes diagnósticos, a busca e desenvolvimento de soluções de sustentabilidade e de racionalização dos consumos de energia nos edifícios em estudo, bem assim como a definição de estratégias visando a substituição de fontes energéticas recorrendo a energias renováveis, nomeadamente através da implementação de casos de estudo.
Como complemento a estes projectos, está ainda previsto o desenvolvimento de projectos, campanhas e eventos na área da promoção da sensibilização e educação ambiental. 

A gestão sustentada dos recursos energéticos é um dos principais desafios que a sociedade moderna enfrenta, a nível mundial, e que se traduz numa mudança de rumo no paradigma energético, garantindo o progresso social, o equilíbrio ambiental e o sucesso económico da sociedade. 

A Estratégia Nacional para a Energia pretende, entre outros objectivos, reunir as condições favoráveis à promoção da eficiência energética, tornando o consumo energético em Portugal mais racional e eficiente, principalmente no que se refere ao consumo directo dos derivados de petróleo, consolidando o objectivo de redução de 20% do consumo de energia final em 2020.

A forma como é utilizada a energia disponível é uma questão chave neste processo e, por isso, o aumento da eficiência energética das operações nas empresas é imprescindível para se atingirem os objectivos do novo modelo de desenvolvimento, tanto pela diminuição da intensidade energética global, como pelo aumento dos respectivos resultados económicos. 

Neste sentido, a Esposende Ambiente pretende reunir as condições necessárias à caracterização energética de edifícios próprios e municipais, passo que irá permitir a promoção da melhoria da sua eficiência energética e a utilização racional de energia a nível municipal, bem assim como a redefinição das fontes energéticas a utilizar. 

Estes projectos inserem-se no âmbito do Plano Municipal de Sustentabilidade Energética, um documento de carácter estratégico e que contempla vários eixos de intervenção e medidas concretas neste domínio da gestão energética.