Dando continuidade a uma parceria iniciada há três anos com o Município de Esposende, a empresa municipal Esposende Ambiente (EAmb) celebrou um Protocolo de Cooperação com o FAPAS – Fundo para a Protecção dos Animais Selvagens.

 
 
 
 
Este protocolo tem como objectivo assegurar a realização do Projecto de Educação Ambiental/Educação para o Desenvolvimento Sustentável “Recuperação de Sistemas Dunares” bem como outras actividades na área da Conservação da Natureza e Biodiversidade, em escolas do concelho, projectos desenvolvidos por esta Organização Não Governamental de Ambiente, que, em Esposende, contam também com a colaboração pontual do Parque Natural do Litoral Norte.

São dez os estabelecimentos de educação e ensino e instituições do concelho que se inscreveram, este ano lectivo, no projecto, cujas actividades, desenvolvidas pelos técnicos do FAPAS com o apoio da EAmb, integram um conjunto de sessões teóricas em sala de aula, a realização de diversos trabalhos práticos e deslocações a espaços dunares e praias concelhias, onde os alunos participam em acções de arranque de plantas exóticas e invasoras, como o chorão e as acácias, e de plantação de estorno. Estas actividades são complementadas com a sensibilização dos participantes para a importância dos sistemas dunares.

Considerando a relevância local dos sistemas dunares, este projecto tem como principal objectivo a adopção de atitudes e comportamentos com vista à protecção das dunas e do litoral, através da realização de actividades de intervenção local, visando a manutenção da biodiversidade dunar. Também se pretende com esta iniciativa realçar a importância dos godos na prevenção do avanço do mar e da destruição das dunas.