CEAPortlet

Centro de Educação Ambiental

Avarias

Avarias

gestprocessosonline.JPG

GestProcessos Online

 

Atendimento on-line

Balcão Virtual

Esposende Ambiente, entidade gestora de água e saneamento no concelho de Esposende, subscreveu a Declaração de Compromisso para Adaptação e Mitigação das Alterações Climáticas nos Serviços de Águas, proposta pela Associação Portuguesa dos Distribuidores de Água (APDA).

Em cerimónia realizada ontem, no Pavilhão da Água, no Porto, o Presidente do Conselho de Administração da Esposende Ambiente, Paulo Marques, assinou o documento, formalizando a intenção da empresa municipal de agir de forma consciente e eficiente face a este, que atualmente, é o maior desafio que os serviços de água enfrentam. Esposende assume assim, o compromisso de contribuir para um setor mais resiliente, assegurando as necessidades básicas do ser humano.

O documento está alinhado com instrumentos europeus já implementados em Portugal, como o Acordo de Paris, o Pacto Ecológico Europeu e a Nova Estratégia da União Europeia para as Alterações Climáticas, onde se inclui a nova Lei Europeia do Clima, visando firmar a intenção de todos os envolvidos no setor a implementar medidas de adaptação e mitigação, entre as quais se destacam as relacionadas com a economia circular, melhoria da eficiência hídrica e energética, bem como as que visam reduzir a vulnerabilidade atual e futura aos efeitos das alterações climáticas.

A iniciativa pretende reunir o máximo de entidades signatárias, contando já com a adesão da APA - Agência Portuguesa do Ambiente e da ANMP - Associação Nacional de Municípios Portugueses.

O Presidente do Conselho de Administração da Esposende Ambiente partilha da postura da APDA de que uma atuação em conjunto e em uníssono tem maior probabilidade de sucesso, não obstante os resultados estarem pendentes da imprevisibilidade climática.

Paulo Marques sublinha que a Esposende Ambiente e o Município de Esposende se comprometeram com as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU e, que neste âmbito, a sua atuação tem sido e continuará a ser orientada para a promoção de uma sociedade desenvolvida, igualitária e solidária. Neste contexto, e tal como está patente na Declaração de Compromisso para Adaptação e Mitigação das Alterações Climáticas nos Serviços de Águas, é primordial afiançar o cumprimento do direito humano à água e saneamento para as próximas gerações, a quem o impacto das alterações climáticas afetará de maneira considerável.

Atendimento
   
Leituras
Leituras
   
A sua opinião é importante
imagemPortlet copy.png
   
CEA em Blog
imagemPortlet
Desafios
dia a dia
Desafio dia a dia
   
Qualidade da água
   
Linha da Reciclagem
   
Faturação
Eletrónica
   
Praias
   
Plano de contingência COVID-19
   
QUIZ da Água
   
SUMAKids
   
TransFORMAR
   
E-MOVE
   
Empreitadas
   
E|Ribeiras